© 2015 por Realmente Mulher

" Força e dignidade são os seus vestidos; Ela sorri diante do futuro"

Pv 31:25

Ansiedade: 7 dicas para não cair nessa armadilha

Podemos até dizer que estamos na "era da ansiedade". Mas porque vivemos assim? A agitação do dia-a-dia, as cobranças, a falta de tempo, a aceleração, o excesso de informações, as pressões, a violência, as crises e tantas outras coisas tem levado muitas pessoas a conviver diariamente de mãos dadas com a ansiedade. O problema é que viver nesse estado por um longo período de tempo pode contribuir para que sintomas mais graves aconteçam como ataques de ansiedade, transtorno do pânico e doenças psicossomáticas.

 

 

Mas afinal de contas, o que é ansiedade?

 

Para entender melhor  a ansiedade podemos primeiramente pensar a cerca do medo.  Quais as reações que temos em situações de ameaça? Coração acelerado, pânico, visão nublada, impulso, suador e várias outras.  Quando temos medo sabemos o que nos ameaça, somos dinamizados pela situação, nossa percepção fica aguçada e tomamos medidas para fugir. A diferença é que quando estamos ansiosos, temos a mesmas reações despertadas quando sentimos medo, mas não sabemos qual é o perigo e o que nos ameaça, por isso, não conseguimos tomar atitudes para enfrentá-lo.

 

A ansiedade é uma reação básica do ser humano a um perigo que ameaça a sua existência  ou um valor que ele identifica como sua existência.  Por isso é tão difícil identificar a real ameaça, pois diz respeito a um conflito interno não resolvido. Sendo assim, a ansiedade é um meio do corpo sinalizar que precisamos resolver um problema que ameaça o nosso próprio eu.

 

Como posso diminuir a ansiedade?

 

Algumas reflexões podem ajudar você a combater a ansiedade diária, mas devemos lembrar que para um tratamento eficaz da ansiedade a medida mais sensata é procurar um psicoterapeuta profissional que possa, através da escuta e de técnicas,  auxiliar nesse processo, identificando os conflitos internos envolvidos.

 

Segue algumas reflexões a cerca de atitudes que você pode tomar para diminuir a ansiedade.

 

Faça uma pausa e respire

 

Não viva a vida apenas por viver, sem propósitos e objetivos definidos, pare para refletir sobre o que realmente é importante para você e encontre um sentido para sua vida. Geralmente a pessoa que vive no automático e não para para refletir e analisar sua vida, tem grandes chances de desenvolver uma ansiedade generalizada, uma vez que ela pode estar negligenciando suas próprias necessidades internas.

 

Deixe o controle de lado

 

Existem situações que você não pode controlar, por isso abandone o controle da sua vida. Estamos vivendo em um momento que pode levar uma pessoa a ficar em estado constante de alerta: medo de perder o emprego, novas epidemias, impacto na economia, violência e tantas outras situações. O maior desafio, vivendo esse tempo, é dosar nossa reação de defesa a esse sistema, fazendo uma leitura saudável do contexto e tirando o foco dos problemas para olhar outros aspectos das situações.

 

Perceba-se

 

Olhe para si mesmo e comece a entender suas atitudes em relação as situações de stress vivenciadas. Essa atitude pode te tornar mais consciente sobre as suas reações, quando acontecem e como acontecem. Dessa maneira, fica mais fácil entender o medo real e combate-lo, mesmo que ele seja abstrato.

 

Faça uma coisa de cada vez

 

Você não precisa dar conta de tudo o tempo todo. Programe sua agenda de uma forma confortável para você e aprenda a dizer não, a delegar e não se criticar tanto. 

 

Tenha um tempo para entrar em contato com você mesmo

 

Ficar em silêncio? Só comigo mesmo? Sim, talvez essa seja uma das maiores dificuldades das pessoas hoje em dia.  Vivemos rodeados de música, de televisão e de tecnologias que nos afastam de nós mesmos. O apressamento das relações, o excesso de atividades e a superficialidade da vida nos impede de nos aprofundarmos no contato com nós mesmos, a fim de refletir sobre os nossos valores.

 

Contemple a vida

 

Talvez seja a hora de você diminuir o ritmo. Você já observou o caminho que faz para o seu trabalho todos os dias? Ou você sempre está tão apressado que não tem tempo para olhar. Desfrutar a vida nos torna mais agradecidos e sensíveis aos acontecimentos bons que estão ao nosso redor.

 

Foque no aqui-e-agora

 

Pensar muito no passado ou no futuro pode paralisar o seu presente, causando muita ansiedade. Portanto, foque no hoje e no que você pode fazer agora por você mesmo.

 

A ansiedade só pode ser combatida a medida que fortalecemos o nosso próprio eu, preservando a nossa consciência pessoal e do mundo que nos rodeia. Quanto mais forte for a nossa consciência menos seremos dominados pelos nossos conflitos internos que nos levam a ansiedade.

 

Você quer conversar comigo sobre o assunto abordado? Para mim será um prazer... Clique aqui para entrar em contato.

 

 

Meu nome é Daniela Knapp, sou psicóloga clínica e coach e acredito que todas nós merecemos ter um tempo especial para cuidarmos de nós mesmas, da nossa saúde emocional e do nosso bem-estar. Esse site foi criado com o intuito de termos um espaço para a troca de experiências, conhecimentos e para falarmos um pouco sobre nós mulheres! Fique à vontade para entrar em contato comigo. Você é sempre bem-vinda por aqui!

Please reload